segunda-feira, 19 de setembro de 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Do inferno ao cêu


Depois de muito tempo estou de volta. Estava grávida e no quinto mês de gestação, o coração do nosso tão esperado Lucas parou de bater... Foi a maior dor da minha vida.
Agora, depois de idas e vindas ao hospital, de ir ao fundo do poço, e chegar as portas do inferno, voltei revigorada e com forças para mais uma empreitada. As correntes que eu arrastava à anos, foram quebradas e hoje estou liberta e com meu espírito mais forte e renovado para o que tiver de ser... Minha fé está mais forte, sei os motivos do que aconteceu e compreendo que o que tem que ser será. Espero que o que me aguarda seja a luz que eu tanto procurava, estou calma e confiante. Tenho fé em Deus e nos meus Orixás que estão sempre do meu lado...
Ao Lucas, que esteja com Deus e os anjos, que saiba que foi amado e esperado desde o primeiro instante e será sempre lembrado com muito amor...

quarta-feira, 30 de março de 2011

Ainda há tempo


Esta mensagem conta sobre um garoto que nasceu com uma doença que não tinha cura.
Tinha 17 anos e podia morrer a qualquer momento.Sempre viveu na casa de seus pais, sob o cuidado constante de sua mãe...
Um dia decidiu sair sozinho e, com a permissão da mãe, caminhou pela sua quadra, olhando as vitrinas e as pessoas que passavam.
Ao passar por uma loja de discos, notou a presença de uma garota, mais ou menos de sua idade, que parecia ser feita de ternura e beleza.
Foi amor a primeira vista. Abriu a porta e entrou, sem olhar para mais nada que não a sua amada.
Aproximando-se timidamente, chegou ao balcão onde ela estava.
Quando o viu, ela deu-lhe um sorriso e perguntou se podia ajuda-lo em alguma coisa. Era o sorriso mais lindo que ele já tinha visto em toda sua vida, e a emoção foi tão forte que ele mal conseguiu dizer que queria comprar um CD. Pegou o primeiro que encontrou, sem nem olhar de quem era, e disse: "Esse aqui".
"Quer que embrulhe para presente?" - perguntou a garota sorrindo ainda mais e ele só mexeu com a cabeça para dizer que sim.
Ele pegou o pacote muito bem embrulhado e saiu, louco de vontade de ficar por alí, admirando aquela figura divina...
Daquele dia em diante, todas as tardes ele voltava à loja de discos e comprava um CD qualquer.
Todas as vezes a moça deixava o balcão e voltava com um embrulho cada vez mais bem feito, que ele guardava no closet sem abrir.
Ele estava apaixonado, mas tinha medo da reação dela, e assim, por mais que sempre o recebesse com um sorriso doce e encantador, não tinha coragem para convida-la para sair e conversar.
Comentou isso com sua mãe e ela o incentivou muito a chama-la para sair.
Um dia, ele se encheu de coragem e foi para a loja. Como todos os dias, comprou outro CD e, como sempre ela foi embrulha-lo.
Quando ela não estava vendo, escondeu um papel com seu nome e telefone no balcão e saiu da loja correndo.
No dia seguinte o telefone tocou e a mãe do jovem atendeu. Era a garota perguntando por ele.
A mãe, desconsolada, nem perguntou quem era, começou a chorar e disse: "Então você não sabe? Ele faleceu esta manhã"...
Mais tarde, a mãe entrou no quarto do filho para olhar as roupas e ficou muito surpresa com a quantidade de CDs, todos embrulhados. Ficou curiosa e decidiu abrir um deles...
Ao fazê-lo, viu cair um pequeno pedaço de papel, onde estava escrito: Você é muito simpático, não quer me convidar para sair? Eu adoraria".
Emocionada, a mãe abriu outro CD e dele caiu um papel que dizia o mesmo, e assim todos quantos ela abriu trazia uma mensagem de carinho e esperança de conhecer aquele rapaz...
Assim é a vida: não espere demais para dizer a alguém especial aquilo que você sente. Diga-o já, amanhã pode ser muito tarde...
Isso tudo é para refletir e assim, pouco a pouco, mudar o mundo.
Que tenhamos tempo suficiente para amar, para dizer que ama alguém, para ser feliz hoje, amanhã é tarde demais...

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

TEMPO.


A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente
e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que o amo...
E tem mais:
não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas do seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana.

E tenho dito:
"O TEMPO FOI ALGO QUE INVENTARAM PARA QUE AS COISAS NÃO ACONTECESSEM TODAS DE UMA VEZ."



Tereza Maria.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Ser encontrado






O que eu acho mais fascinante em Jesus, era a capacidade que ele tinha de encontrar no meio da multidão as pessoas, quando ele era capaz de reconhecer em cima de uma árvore um homem e descobrir nele um amigo. Bonito né, uma amizade que nasce a partir da precariedade? Quando você chega desprevenido, o outro viu o que você tinha de pior e mesmo assim ele se apaixonou por você! Amor concreto, cotidiano, diário... Jesus se apaixonava assim pelas pessoas e as tornava suas amigas, trazia pra perto dele. É fascinante olhar para esse homem, que esse Deus tem de investigar a miséria do outro e encontrar nela a pedra preciosa que está escondida, isso é renascimento, é quando no sepulcro do nosso coração alguém consegue achar um fio de vida, e ao puxar esse fio de vida, faz com que nos sintamos melhor...
Oh meu Deus! Não há nada mais bonito do que você ser achado quando se está perdido!
Não há nada mais bonito do que você ser encontrado no momento em que você não sabe pra onde ir e nem onde está! O amor humano tem a capacidade de ser amor de Deus por causa disso, porque ele nos elege. Por isso que é bom a gente ter amigos, porque na verdade as pessoas amigas elas antecipam o tempo naquilo que acreditamos ser eterno, quando elas são capazes de olhar pra nós e descobrir o que temos de bonito, mas que as vezes costuma ficar escondido naquilo que é precário. Por isso eu agradeço a Deus os poucos amigos que tenho, pelas pessoas que descobriram no que eu tenho de pior, uma coisinha que eu tenho de bom e mesmo assim continuam do meu lado por mais longe que estejam, me ajudando a ser gente a ser mais do próximo, ajudando a buscar dentro de mim esse amor que agente acredita que Deus esqueceu em cada um de nós. Ter amigos, é como arvorear, lançar galhos, lançar raízes pra que o outro quando olhe a árvore, saiba que nós estamos ali mostrando o aconchego que existe em nós. Arvorei, crie árvores, crie raízes!

Fábio de Melo
Adaptado por Tereza Maria

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Pena Branca

"Um grito na mata ecoou
foi seu pena branca que chegou(bis)
com flexa e seu cocar
seu pena branca vem nos ajudar."

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Coragem e ousadia..


"Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar
a vida com paixão, perder
com classe e vencer com ousadia,
pois o triunfo pertence a quem se atreve...
A vida é muita para ser
insignificante."

(Charles Chaplin)